O que é a sua memória corporal

Você sabia que o seu corpo tem memória? Existem inúmeras evidências e trabalhos científicos que mostram que não apenas o nosso cérebro é capaz de guardar informações, mas o nosso corpo também.
Todos nós conhecemos as dificuldades para emagrecer e entrar em forma, muitas vezes já fizemos dietas e passamos longas horas na academia até melhorarmos nosso condicionamento, mas basta um deslize e todo aquele trabalho se perde. É o famoso efeito sanfona.

Após alguns anos mantendo o mesmo peso, nosso corpo entende que é assim que devemos ser e fica difícil perder peso. Devemos emagrecer e permanecer magros por, aproximadamente, três anos para que o nosso organismo entenda que essa é a nova realidade, o difícil mesmo é manter o novo peso.

Torna-se indispensável o compromisso consigo mesmo, mantendo-se disciplinado e focado na sua saúde. Atividade física, dieta adequada e a compreensão de que todo esse empenho tem pequenas recompensas ao longo do caminho e uma maior em longo prazo. Viveremos muito, porém viver com saúde depende de você.

Braços e pernas reúnem 75% dos músculos e precisam ser exercitados. Você precisa evitar perda muscular e acúmulo de gordura ao longo da vida. Nossos braços e pernas concentram 75% dos músculos do corpo e, para darem sustentação aos ossos, precisam ser exercitados ao longo de toda a vida.

Os músculos têm “memória”, apresentam uma capacidade de “lembrar” como a pessoa já os trabalhou no passado e, assim, responder melhor às atividades. É como andar de bicicleta, a gente nunca esquece depois que aprendeu – mesmo que se passem décadas de sedentarismo.

Depois dos 30 anos de idade, a perda de massa muscular e o acúmulo de gordura corporal se acelera, principalmente após os 60 anos. Para saber como está a sua situação, existe um teste proposto pela Organização Mundial da Saúde (OMS): pegue uma fita métrica e veja a circunferência da sua panturrilha. Se ela for igual ou maior que 31 cm, significa que você tem uma boa reserva de massa muscular e está bem. Se a circunferência for menor que 31 cm, é sinal de tendência à perda de massa magra. Se você estiver doente, pode indicar, inclusive, uma desnutrição.

Uma alimentação equilibrada também é fundamental para dar energia aos músculos. E só fazer musculação, sem pensar em que, quando e quanto comer para ganhar massa magra, pode acabar tendo o efeito contrário.

A dica é comer carboidratos antes de malhar e proteínas e fibras depois. No período que precede a musculação, é recomendada a ingestão de carboidratos de rápida absorção (equivalente a duas fatias de pão), pelo menos 30 minutos antes do treino. Isso porque, na hora dos exercícios, a intenção é usar a energia (açúcar) do alimento para garantir um bom desempenho.

Treinar sem nada no estômago ou depois de comer alimentos que demoram a ser digeridos faz com o que seu corpo busque energia dos músculos para trabalhar. Com isso, a pessoa perde massa magra, e esse não é o objetivo.

O que não comer antes do treino: gordura (manteiga, requeijão, etc.), fibras (barra de cereais, granola, etc.) e proteínas (queijos, iogurtes e leite). Como esses três grupos demoram mais para serem digeridos e metabolizados, devem ficar para depois – as gorduras, com muito mais moderação que os outros dois alimentos.

Benefícios da musculação

– Aumenta a massa muscular

– Ajuda na perda e na manutenção do peso corporal

– Melhora a estabilidade

– Protege as articulações

– Aumenta a capacidade funcional

– Melhora o metabolismo de glicose e proteínas

– Melhora a função cardiovascular

– Diminui os fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2

– Previne a osteoporose

– Causa prazer e bem-estar

Dicas

– Antes de começar a praticar qualquer atividade física, faça uma avaliação médica (eletrocardiograma) e um teste físico que envolva condicionamento, flexibilidade e aferição de medidas

– Não ultrapasse o período de 1 hora diária de musculação. Se for passar mais tempo, faça atividades aeróbicas como esteira, bicicleta e step

– Faça atividade física pelo menos três vezes por semana

– Faça musculação supervisionada. Apesar de ser uma atividade de baixo risco de lesão, pode acontecer. Nesse caso, é preciso ficar em repouso

– Procure tomar sol de 10 a 15 minutos por dia para garantir a dose diária de vitamina D e prevenir a osteoporose

Fonte: https://www.bomcorpo.com.br/o-que-e-sua-memoria-corporal